quarta, 27 de outubro de 2021 | TRANSPARÊNCIA FISCAL | E-SIC |
16/05/2021

Presidente Cícero Medeiros rebate denúncias de supostas irregularidades na Câmara

Contratação de empresa foi alvo de informações falsas


O presidente Cícero Medeiros (PP) participou do programa de rádio News Paraíba, neste último sábado, 15, onde desmentiu supostas irregularidades na contratação da empresa Maq-Larem Máquinas Móveis e Equipamentos Ltda.


As denúncias foram veiculadas em uma emissora, com afirmações de que o presidente estaria contratando a empresa com valores acima do praticado no mercado.


Durante entrevista ao jornalista Manno Costa, apresentador do programa News Paraíba, o presidente Cícero Medeiros (PP) esclareceu o episódio. “Nós temos três impressoras que são alugadas desde a época de Reginaldo, de Anésio, e eu não contratei, apenas renovei o contrato. E são máquinas que foram alugadas a R$225 reais por mês, num total de R$650, por três máquinas”, explicou o presidente.


Cícero fez um resumo do uso dos equipamentos nos trabalhos realizados pela câmara. “Nós temos um total de 500 requerimentos, sendo 3 folhas por cada, 2 sessões por semana, as sessões das comissões, e todo o movimento daquela câmara com os 19 vereadores necessitam do uso daquelas máquinas. Gastamos 2 resmas de papel por semana, então antes de falar alguma coisa seria bom que fossem, investigassem o funcionamento”, afirmou.


Outro ponto levantado pelo presidente foi a logística entre a compra e o aluguel de equipamentos. “Quando uma máquina daquelas quebra, em 30 minutos a empresa está prestando o suporte. Se a gente compra uma máquina dessa não tem o mesmo suporte. Como se trata de um órgão público, quando quebra, é necessário uma licitação pra comprar uma peça, pra vim um técnico, pra fazer uma manutenção e o tempo necessário pra realização disso já fez a câmara parar”, expôs o presidente.


Em sua fala o presidente frisou que o aluguel de equipamentos não é uma prática exclusiva. “Por essas questões foi preferível manter o contrato, pela necessidade, mas é o mesmo que ocorre na prefeitura, no Ministério Público, Tribunal de Contas. Inclusive, no tribunal permite que haja o aluguel para facilitar o trabalho e não ter problemas na Casa”, disse.


O presidente rebateu as inverdades veiculadas com as informações verdadeiras durante o programa. “O aluguel é R$225 cada uma que dá o valor de R$650 e por ano dá R$ 6.500, então é uma mentira as informações veiculadas pelo colega, que disse que eu aluguei duas máquinas por R$70 mil reais”, reafirmou Cícero.


Ao terminar sua entrevista o presidente incluiu uma informação importante para a população, que pode verificar todos os dados no sistema oferecido pelo Tribunal de Contas. “Gostaria de deixar claro, por isso vim aqui como presidente, que não foram R$70 mil como foi veiculado. Faltou a verdade no número de máquinas, que são três, e faltou a verdade no valor. Mas está tudo documentado no Sagres, na legalidade”, concluiu o presidente.  

 


Assessoria de Imprensa – Patricia Silva 



+ Política


© Câmara Municipal de Santa Rita/PB - 2017, Todos os direitos reservados