domingo, 28 de novembro de 2021 | TRANSPARÊNCIA FISCAL | E-SIC |
03/09/2020

Câmara de Santa Rita concede título de cidadão santarritense durante sessão remota

Ascom


Foi realizada nesta quinta-feira (03), a 15ª sessão ordinária no 2º período legislativo de 2020 na Câmara Municipal de Santa Rita.

Na ocasião, os vereadores aprovaram vários requerimentos: 222-226-227-228/2020.

Um projeto de lei de Nº 022/2020, reconhece como de utilidade pública o Instituto Amparo, que cuida de crianças autistas em Santa Rita.

Outros dois projetos de decreto de legislativo: 007-008/2020, concede título de cidadão santarritense ao padre Puan, por relevantes serviços prestados ao município.

Breve Histórico da Vida e Ministério Padre Puan Ramos

Seu nome de  batismo é  Irapuan Ramos da Silva, mais conhecido como, Padre Puan Ramos. Nascido em 16 de Setembro de 1978, 41 anos. Filho de Irapuan Batista da Silva e Zuleide Ramos da Silva, terceiro dos 6 filhos do casal. Natural da cidade de Itambé-PE.

Sua caminhada vocacional, começou no ano de 1998, quando ingressou na etapa de adaptação chamada propedêutico, cerca de um ano  foi essa experiência. No ano seguinte, ingressava no seminário maior, para cursar a faculdade de Filosofia e Teologia, sendo que na metade do ano de 2003, por motivos pessoais e dúvidas sobre a vocação, acabou dando um tempo para refletir melhor sobre o  compromisso,  já que estava muito próximo para conclusão do curso.

Nesse período, do ano de 2003 a 2009, foi contratado pela prefeitura do município de sua cidade, para lecionar na escola municipal, as disciplinas de filosofia, arte, religião, sociologia, história e outros. Nesse mesmo momento, se engaja na profissão musical, onde, começa a cantar na noite, nos barzinhos e em bandas de forró da região. Foi uma experiência muito proveitosa, tanto para a vida pessoal, como profissional, ambas serviram para o santo padre,  discernir  sobre sua  escolha. 

Após esses seis anos afastado da igreja, sentiu um forte desejo de se reaproximar da comunidade católica, e aos poucos foi novamente reacendendo a vontade de me entregar mais e mais a pratica do evangelho e a vocação sacerdotal.

Já no final de 2009, procura o reitor do seminário, para revelar sua experiência e desejo de retorno ao estudos teológicos,  para concluí-los. Após a conclusão, foi  acolhido e encaminhado para uma conversa com o então n época Arcebispo, Dom Aldo Di Cillo Pagotto, que com muita alegria lhe  recebeu e o aconselhou  sobre o ministério. 

Viveu uma experiência externa da convivência do seminário, e em 2012 foi morar lá para a conclusão do curso. 

Terminando essa etapa, no ano de 2013 foi designado para fazer o chamado estágio pastoral na cidade de Marcação-PB, onde residia grande parte da tribo indígena Potiguar, sendo bem acolhido e no mesmo ano, dia 14 de Setembro de 2013, foi ordenado diácono e dia 07 de Dezembro Sacerdote. Nessa comunidade, ficou até o dia 13 de janeiro, pois, tinha sido transferido para a Paroquia de Nossa Senhora das Dores, na cidade de Mogeiro-PB. Nesta Paróquia com muitos desafios pastorais, um município extenso, com 26 comunidades e além disso, a igreja matriz estava precisando de uma grande reforma. Junto com a comunidade conseguiram, arrecadar de maneira parcial, com eventos, shows, festas a quantia de R$ 926.000,00(novecentos e vinte seis mil reais), para a reforma da igreja matiz, na qual, concluímos em 2 anos e meio. 

No fim do ano de 2017, é transferido para Santa Rita,  que a muito tempo conhecia sua história de superação e fé.

Em  14 de janeiro foi lhe dada a carta de provisão para ser pároco e reitor do Santuário Santa Rita de Cássia.  Devoto de Santa Rita de Cássia, a alegria já tomava conta do seu coração, , e isso me fez vê,  que tudo isso é obra de Deus.
Decorridos mais de 2 anos e meio, de sua chegada, a nossa  comunidade, verifica-se que com o seu trabalho, dedicação e principalmente, com o amor que derrama sobre seus paroquianos,  vem o crescimento da fé e a salvação das almas. 

Atualmente esta engajado em um trabalho muito importante para a comunidade, pois, foi feito uma vistoria e vimos que a parte elétrica da igreja está toda comprometida isso inclusive atualmente trazendo danos, como o som digital comprado a menos de 2 anos, deu defeito, por causa da rede elétrica não suportar. Estando em campanha para consertar toda parte elétrica da igreja.

Não podemos esquecer o trabalho musical  que realiza, evangelizando milhares de fiéis através das canções, estando presente diariamente nas redes sociais, Youtube, Instagram, Twitter e Facebook, como também realizando shows religiosos em  outras cidades, levando seu  dom e experiência com a música. Já  gravou 2 cd's e um single, como também 4 clipes para o Youtube,  trabalhos estes que lhe deram uma projeção muito importante. 

Hoje sentimos no seu olhar, na sua dedicação, sua gratidão a Deus por tudo que vem fazendo em nossa cidade, feliz pelas escolhas que fez, o crescimento dos paroquianos, da missas, e principalmente da fé do nosso povo. 

Por estas razões,  e principalmente, pela sua fé,  pela capacidade de cuidar, de  amar, fazendo o ide que Jesus Cristo tanto nos ensinou, o de amar uns aos outros como vus amei, é que esta Casa Legislativa apresenta este Titulo de  Cidadão Santarritense ao Santo Padre Puan Ramos. 

Justificativa: O Senhor Lucas Victtor de Carvalho Gomes é natural da cidade de Recife – Pernambuco, sendo filho do senhor Ricardo Teodoro Ferreira Gomes e da senhora Elizangela Belém de Carvalho. O Senhor Lucas Victtor é estudante do curso de direito da Universidade Federal da Paraíba no Departamento de Ciências Jurídicas localizado nesta cidade de Santa Rita. Hoje ele é um dos responsáveis pelo Centro Acadêmico Manoel Mattos, ocupando a função de coordenador geral da entidade de representação estudantil dos estudantes de direito. Ele desempenhou trabalho no movimento estudantil EnFrente defendendo os estudantes de Santa Rita e da Paraíba, teve atuação em campanhas de ensino jurídico, palestras, ações contínuas de prevenção ao suicídio no âmbito acadêmico e auxílio aos animais abandonados na UFPB. Como aluno do curso de direito buscou integrar a universidade junto com a comunidade paraibana em trabalhos de assessoria jurídica. Ele também atuou na área de prevenção, combate e assistência a demandas oncológicas.Participou de movimentos de integrações notáveis como a Semana Elizabeth Teixeira e em sua gestão quer no centro acadêmico, quer no movimento estudantil, buscou promover a visibilidade do Departamento de Ciências Jurídicas e da cidade de Santa Rita conseguindo promover ações que integraram diversos setores da sociedade de forma a trazer pessoas a gloriosa unidade departamental de direito em Santa Rita reunindo por diversas vezes estudantes,visitantes e autoridades de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita e região metropolitana em prol de causas sociais e do desenvolvimento científico, acadêmico e social. Nesse diapasão, vale frisar a função constitucional da educação e o dever integrativo do município na difusão da educação e da máxima efetividade das normas constitucionais, de forma que, a integração e valorização da universidade e do município geram um elo científico e produtivo de grande contribuição para a comunidade. As funções de diretor do movimento estudantil e coordenador do Centro Acadêmico, exigiram um conhecimento da realidade do nosso povo e comprometimento efetivo nas ações que buscam elevar a difusão da educação e do conhecimento dos direitos e garantias, como instrumento para guiá-las ao melhor convívio social e buscando diminuir o sofrimento pela falta de amparo do poder público. As ações são dirigidas principalmente ao público mais carente, estudantes e animais valorizando os movimentos sociais e a comunicação.A gestão do Senhor Lucas Victtor no Centro Acadêmico Manoel Mattos, ficou marcada a presença da sociedade na comunidade acadêmica, a difusão de palestras e a busca de integrar a comunidade de Santa Rita ao campus universitário,além da promoção de auxílios concedidos na gestão do centro acadêmico para entidades sociais e a grande e incansável defesa dos estudantes e do direito de acesso à universidade. Ante os motivos expostos entendo que Lucas Victtor de Carvalho Gomes, se torna merecedor do Título de Cidadão Santa Ritense.


+ Política


© Câmara Municipal de Santa Rita/PB - 2017, Todos os direitos reservados